Um novo olhar para o futuro

Com o avanço da imunização contra a Covid-19, as empresas, aos poucos, ensaiam um retorno à ‘normalidade’ e se preparam para voltar ao escritório, ainda que de
forma híbrida. Se há uma lição desse período em que vivemos isolados, é que a forma de trabalhar se transformou e nunca mais vai ser a mesma.

Além da necessária adoção do trabalho remoto, a digitalização das empresas acelerou dramaticamente. As tecnologias emergentes avançaram em meses o que se esperava para anos.

Uma nova mentalidade está em curso, nos provocando para a mudança rápida, consciente, intencional e exigindo que nos adaptemos ao ‘novo mundo’.

Num olhar mais sistêmico, o V.U.C.A (volátil, incerto, complexo e ambíguo) criado na década de 1990 para designar o mundo pós-guerra fria e que nos ajudou a entender e definir os momentos de transformações por muitos anos, sai de cena e dá lugar ao B.A.N.I, que traz uma reflexão mais próxima do contexto atual analisando indivíduos e organizações. Os quatro pilares B.A.N.I (Fragilidade, Ansiedade, Não-linearidade e Incompreensão) ajudam a entender o que acontece nessa era de caos e nesse mundo caótico, a única certeza é a incerteza do que está por vir. Percebemos, nos âmbitos pessoal e profissional, que estratégias de longo prazo não fazem mais sentido, e que temos de estar prontos para flexibilizar, adaptar… mudar rápida e repentinamente a direção.

Como responder aos desafios atuais do mundo?

Jamais Cascio, antropólogo e futurista americano, criador do termo BANI, em recente entrevista a VOCÊ RH*, nos dá algumas dicas de ‘navegação’ nesse contexto.

Nessa conversa com a jornalista Elisa Tozzi, ele mostra as diferenças principais entre VUCA e BANI, termo que surge justamente quando o mundo VUCA se quebra. Para viver nesse cenário Jamais Cascio coloca que é preciso mais resiliência organizacional, ou seja, aumentar a flexibilidade, a transparência e a “varredura do horizonte”. (vale a pena a leitura integral dessa matéria publicada no site vocerh.abril.com.br em 27 de julho de 2021)

Há muito o que se aprender nesse novo contexto e primeiramente é necessário reconhecer que os caminhos que nos trouxeram até aqui não são necessariamente os
que nos levarão para o futuro. A capacidade de flexibilizar, se adaptar e mudar são atributos fundamentais para líderes e empresas.

Novas necessidades e desafios

Dentro desse cenário, surgem ainda novas demandas. As pessoas querem escolher a melhor combinação entre trabalho remoto e presencial. Buscam mais segurança e melhor qualidade de vida física e mental.

Gestores e Organizações precisam se reconfigurar para superar barreiras, não apenas por uma questão de sobrevivência em um novo espaço-tempo, mas também – e
principalmente – para revisitar sua contribuição para as pessoas, dentro e fora de seus limites territoriais.

A aprendizagem contínua é um ponto fundamental para manter profissionais capacitados e engajados. Gestores devem aprimorar, ainda mais, as habilidades para
Trabalhar com Pessoas (liderança e influência social)*, desenvolvendo a empatia para escutar ativamente e a coragem para tomar decisões.

Colaboradores (para se sentirem exatamente como tal), precisam ser encorajados a apresentar propostas de melhorias e Resolução de Problemas** . Serem
responsabilizados por resultados, tratados de forma adulta (pessoas costumam desejar pertencer a algo sobre os quais tem responsabilidade).

Soft skills – que não são novidades de gestão – mas começam a ganhar ainda mais importância devido a seu grande impacto sobre o futuro do trabalho.

Conte com o apoio da Dynargie!

Nosso propósito é atuar no human side of business para mudar comportamentos e impactar resultados. Nossas soluções estão em linha com as necessidades atuais de formação e desenvolvimento e fazem parte de nosso DNA.

Aqui, antes das técnicas, o participante aprenderá a importância da mentalidade mais adequada a esse novo contexto, porque e para que.

Nossa abordagem simples, prática e consistente, ajuda otimizar o uso das técnicas, ampliar o domínio de conceitos e mudar comportamentos para estarem alinhados às necessidades de transformação exigida pelo mercado atual.

Atuando há quase 40 anos em âmbito global e há 13 no Brasil, temos muita satisfação em ter ajudado a transformação de mais de 25 mil profissionais (em todos os níveis) e em Clientes de todos os portes e segmentos econômicos.

Conheça mais a nosso respeito em nosso site www.dynargie.com.br, no nosso Blog www.blog.dynargie.com.br e siga-nos no Linkedin dynargie-brasil e no Instagran
dynargie_brasil.

* Fórum Econômico Mundial 2020 – As 10 Competências para o Amanhã (Habilidades mais importantes até 2025)
** Ibidem.

Saúde Mental – Prioridade na Agenda das Empresas

A atenção à saúde mental no trabalho tornou-se grande preocupação e prioridade na agenda das empresas.

Nesse cenário de enorme desafio que estamos enfrentando, bilhões de pessoas, no Brasil e no mundo, viram suas rotinas mudarem completamente. A incerteza em relação ao futuro tem gerado ansiedade, depressão e como consequência, agravado a saúde mental das pessoas.

Em uma recente pesquisa realizada em 11 países pela Workplace Intelligence em parceria com a Oracle com mais de 12.000 profissionais de todos os níveis e características de trabalho, 89% dos entrevistados relataram que a saúde mental foi afetada negativamente pela pandemia.

A atenção à saúde mental no trabalho tornou-se grande preocupação e prioridade na agenda das empresas. Frequentemente, a Dynargie é demandada para propor ferramentas e recursos que ajudem as lideranças em seu papel de preservar e recuperar o equilíbrio dos colaboradores que enfrentam dificuldades relacionadas à ansiedade, depressão e burnout.

Investir na saúde mental é um processo contínuo e que necessita sim de metodologia e ferramentas, na busca do bem-estar e da produtividade.

Como trabalhar a saúde mental no ambiente corporativo?

Neste momento, o papel dos líderes no apoio à equipe ganha ainda mais importância, incluindo ajudar em aspectos que envolvem a saúde mental, mapeando situações no ambiente de trabalho, estimulando a proximidade e o diálogo, trocando experiências, acolhendo e dando apoio aos colaboradores para que mantenham uma dinâmica, mesmo em home office, que continue produtiva e gerando resultados.

Aqui vão algumas dicas sobre como trabalhar a saúde mental no ambiente corporativo:

  • Mapeamento – é necessário entender bem o seu “universo”. Mapear a situação, o que tem impactado o ambiente e gerado pressão acima da média, índice de crescimento e quantidade de colaboradores sofrendo com esses transtornos. Preparar gestores para conduzir conversas e oferecerem respostas a questões sobre a saúde mental.
  • Cultura – no lugar de apenas informar a visão da empresa sobre a questão da saúde mental, é importante tangibilizar cuidados, implementando programas de prevenção aos riscos emocionais, incentivo às práticas que melhorem a qualidade de vida, treinamentos etc. Valorize o colaborador e sua experiência com a empresa.
  • Experiências: um aspecto que emergiu com a pandemia foi a quebra do tabu em torno das doenças emocionais. Antes tidas como questões psiquiátricas, que se restringiam à loucura, agora são encaradas com mais “naturalidade” e quase todo mundo já sentiu algum nível de desconforto no ambiente corporativo. Portanto, a universalidade da experiência deve ser compartilhada, principalmente por aqueles que estão no poder. Como líder, ser sincero sobre seus problemas de saúde mental deixa seus colaboradores à vontade para conversar e confidenciar seus próprios desafios psicológicos.
  • Comunicação: criar uma conexão por diálogo, reservar um tempo para escutar o colaborador. Ter uma conversa, ainda que breve, se tornou muito importante. Trabalhar em home office é, quase sempre, um caminhar solitário e nesse ambiente não é fácil perceber sinais de alguém que está enfrentando dificuldades.
  • Flexibilidade Inclusiva: além de estabelecer o diálogo, incentivar que ele seja frequente, pois somente assim o gestor poderá identificar possíveis problemas, propor solução e reiterar práticas favoráveis a uma boa saúde mental. A flexibilidade inclusiva parte de uma comunicação proativa, estabelecendo ações que ajudam as pessoas a criar e respeitar os limites de que precisam.

Ferramentas e recursos dinérgicos para apoiar os gestores

A Dynargie dispõe de metodologia e ferramentas para ajudar os gestores no desempenho do papel de ajudar as empresas a cuidarem da saúde mental dos colaboradores.

  • PlayWell (Gestão do Estresse) – um workshop que promove reflexão, debate e um plano de ação concreto para geração de um ambiente de bem-estar na organização. Com ferramentas simples, práticas e consistentes, nossos consultores ajudam os participantes a identificarem soluções que possibilitam gerenciar e manter o equilíbrio emocional (seu e de suas equipes) em relação às tensões do dia a dia, atuando preventivamente em função do bem-estar.
  • Inteligência Emocionalcapacitar o participante para identificação das emoções básicas e compostas que influenciam os nossos comportamentos cotidianos e em situações de estresse, sejam pessoais ou profissionais. Através do uso de dinâmicas lúdicas, construir uma estrutura de pensamento que contribui para o uso das emoções como aliadas pessoais e na gestão de pessoas.
  • Soft Skills a Click Away a partir da identificação (já durante a pandemia) dos principais gaps na gestão entre os ambientes presencial e remoto, a Dynargie criou três programas exclusivos para o desenvolvimento de competências a serem utilizadas para gestão e influência de pessoas e condução de reuniões. São novos conhecimentos que permitem aos participantes aprender como gerar, no ambiente virtual, o dinamismo necessário para obtenção de resultados, com uso sustentável da energia dos participantes.
  • YONDYÉ um mindset Dynargie que combina todos os métodos e ferramentas digitais inovadores, com o propósito de integrar a dimensão humana em todas as nossas experiências remotas de treinamento e aprendizagem. YONDY torna nossas interações online com os participantes mais leves, integradoras (valorizando a dimensão social) e efetivas, minimizando o desgaste naturalmente envolvido nessas situações.

YONDY: a experiência online da Dynargie

SEJA DINÂMICO. SEJA UM YONDY. VÁ ALÉM.

Quando o mundo se deparou com a demanda inevitável do último ano, o “trabalho remoto”, nossa prioridade era muito clara: garantir que nossa oferta única – a experiência Dynargie – permanecesse inalterada quando entregue no formato online.

O desafio foi muito grande, pois nossa metodologia é conhecida por ser provocativa, experiencial e dinâmica. Todos esses ingredientes que, de alguma forma, correm o risco de perder seu poder quando o consultor e participantes ficam “atrás” de uma tela.

Nossa equipe internacional de Inovação & Desenvolvimento começou a trabalhar imediatamente no (re)design da experiência de treinamento. Utilizando soluções técnicas inovadoras e estratégias de transformação, conseguimos adaptar nossa metodologia para garantir o mesmo nível de impacto – antes, durante e depois da sessão de treinamento.

O fato de sermos uma rede internacional de 13 Países, contribuiu de forma decisiva para colocar em ação várias forças multiculturais para construir a experiência de desenvolvimento remoto da Dynargie: YONDY!

O que é YONDY?

O que é YONDY?É uma experiência (não só um momento de reflexão)

Ele constrói uma relação bidirecional (consultor e participantes têm que ser engajados)

É impactante (dinamismo e provocação permanecem inalterados)

YONDY by Dynargie é uma abordagem estimulante que garante um treinamento remoto com frescor e motivação. Um momento acessível que espalha energia e engajamento, convertendo o aprendizado remoto em uma experiência interativa e dinâmica.

YONDY ousa ultrapassar os limites do conhecimento e ir além, encurtando a distância entre as pessoas online, humanizando as conexões mesmo no mundo virtual.

Características do YONDY YONDY se destaca pela integração da dimensão humana antes, durante e depois das sessões de treinamento.

No cenário de treinamento onde as soluções combinadas parecem ser a nova regra, acreditamos que o YONDY se destaca pela integração da dimensão humana antes, durante e depois das sessões de treinamento. E acreditamos que o futuro é emocionante!

Porque os negócios são feitos por pessoas.

Porque nos importamos com o lado humano dos negócios.

SEJA DINÂMICO. SEJA UM YONDY. VÁ ALÉM.

Lifelong learning: o upgrade constante na sua carreira

Lifelong learning é a busca contínua e automotivada por conhecimento, experiência e evolução.

O lifelong learning é um conceito que está ganhando força ao redor do globo. Na livre tradução, o termo quer dizer aprendizado ao longo da vida. Em outras palavras, é a busca contínua e automotivada por conhecimento, experiência e evolução. Por certo, para vivermos bem daqui para frente, essa evolução constante é mais que essencial. Afinal, aprender é a principal chave para lidarmos com as mudanças que vêm acontecendo na velocidade da luz.

O que é lifelong learning?

Lifelong learning é um conceito sobre educação ao longo da vida ou aprendizado contínuo. Portanto, o termo aborda um processo educacional que ultrapassa a formação das instituições de ensino. Além disso, ainda vai além de idade, experiência, cargo ou classe social.  Ou seja, estamos falando de uma busca sucessiva por conhecimento, vivências, aptidões e aprimoramento.

Nunca pare de aprender

Em resumo, lifelong learning traz a ideia de estarmos nos desenvolvendo o tempo todo. É ter e manter o hábito de estar sempre aprendendo, uma vez que ninguém sabe sobre tudo. Há sempre algo para conhecer, uma teoria para estudar, algo para aprimorar ou uma aptidão para descobrir. O lifelong learning é motivado pelo anseio por conhecimento. Isso vale tanto para a vida profissional, como pessoal.

Utilize todos os meios possíveis

E se a ideia é nunca parar de aprender, o lifelong learning considera todas as fontes de sabedoria. Então, carrega um sentido mais amplo em sua concepção, englobando a educação formal (escolas, universidades e faculdades), a educação não formal (museus, bibliotecas, planetários etc.) e a informal (conhecimento acumulado com as experiências pessoais). Tudo isso pautado pela aprendizagem que deve estar presente em toda sua trajetória de vida.

Qual é a importância do lifelong learning?

O lifelong learning enfatiza a necessidade de aprender – e continuar aprendendo. É uma filosofia que defende que se instruir ao longo da vida é necessário em todos os estágios da existência. Quando pequenos, aprendemos a andar, falar, correr, valores e princípios, por exemplo. Na escola, recebemos o ensino que irá nos formar como cidadãos. Mas precisamos lembrar que o estudo, o conhecimento e a evolução devem continuar mesmo após a graduação. Há tanto conteúdo para ser adquirido, que ficar na zona de conforto sem aproveitá-lo é um grande desperdício. Em síntese, o conceito é somar para evoluirmos como profissionais e como seres humanos. Por essa razão, a importância do lifelong learning é embarcada na sua própria proposta.

Transformações

Outra vantagem é que o aprendizado te deixa mais bem preparado para encarar os desafios ao longo da vida. Afinal, precisamos estar aptos para lidar com uma sociedade e com um mundo cada vez mais complexos.

Basta pensar que há 20 anos, o celular era usado apenas para ligar para as pessoas. Hoje, pesquisas indicam que as mensagens de texto superam consideravelmente as ligações. Esse exemplo simples já deixa bem claro essas transformações e como a evolução é fundamental nesse contexto. E é aí que o lifelong learning exerce seu papel de forma brilhante provocando o seu desenvolvimento e permitindo que você lide melhor com os desafios.

Lifelong learning: vida pessoal

Na vida pessoal, o lifelong learning move as pessoas para satisfazer suas necessidades e atingir seus objetivos. O aprendizado contínuo é ótimo para o desenvolvimento de hobbies ou descoberta de outros interesses. A aquisição de saberes é sempre bem-vinda para conquistar objetivos, abrir a mente, conhecer melhor a si mesmo e evoluir. O lifelong learning incentiva a busca por um universo de conhecimento a ser desvendado a cada dia. Tudo isso é impulsionado por uma automotivação e um mindset alinhado com essa filosofia.

Lifelong learning: carreira

Para a carreira, o lifelong learning tem uma enorme importância. Isso porque o aprendizado deve ultrapassar as barreiras do sistema educacional. O conteúdo adquirido na faculdade em alguns anos se tornam insuficientes. Não é à toa que as universidades estão sempre atualizando a sua grade curricular. No mundo corporativo, essa reciclagem também é imprescindível. Inclusive, o mercado de trabalho procura cada vez mais pessoas que tenham automotivação e proatividade. Profissionais que estejam antenados, tenham interesse em conhecer mais e queiram aprimorar ou adquirir competências.

Lifelong learning: empresas

Apesar de explicar que o lifelong learning é movido pela automotivação, as empresas também podem estimular e contribuir. Investir no aprendizado contínuo significa ter uma equipe de aprimoramento constante. Isso se transforma em inúmeros benefícios para a própria companhia. De fato, é o capital humano que movimenta a companhia e traz as inovações.

Lifelong learning como um mindset

Lifelong learning é um conceito, uma filosofia, um mindset. Desse modo, a ideia é ter em mente esse processo de aprender constantemente ao longo da vida. Por isso, uma pessoa com essa mentalidade reconhece a importância da aprendizagem. Ou seja, ela compreende a necessidade de estar sempre se desenvolvendo. O interesse em adquirir conhecimento é genuíno – e é isso que motiva a seguir e a crescer.

Lifelong learning: o mindset da educação contínua no contexto atual

De fato, em meio a tudo isso que estamos vivendo, o lifelong learning nunca fez tanto sentido como agora. A constante aprendizagem é a principal chave para promover o desenvolvimento das pessoas. E aqui, está em pauta educação técnica, comportamental, ideológica etc. A conquista de conhecimento irá permitir e ajudar as pessoas a lidarem com os desafios do mundo VUCA. Também se torna essencial para se adaptar às exigências do mercado e da sociedade.

O cenário pandêmico também reforça e ressalta ainda mais a importância do lifelong leaning. Afinal, todo o globo vive incontáveis dificuldades em todas as esferas durante o enfrentamento da doença. Ou seja, como se a mudança profunda e rápida que vivemos não fosse suficiente, a pandemia é adicionada a esse enredo. Em consequência dessa trama, protagoniza a exigência por habilidades, conhecimentos e competências para superar as adversidades e as transformações.  E mais do que possuir, é preciso também aprimorar e evoluir.

Lifelong learning: uma realidade

Em resumo, o lifelong learning é algo que muitas pessoas já viviam como estilo de vida. Ao longo da história, personalidades relevantes mostraram com seus feitos, descobertas e conquistas que o motor que impulsiona o desenvolvimento humano é essa sede insaciável por conhecimento. Não é, portanto, uma novidade ou conceito da moda. O que há de novo é que essa postura vem sendo buscada e privilegiada em processos seletivos ou mesmo em decisões sobre promoções. Não tem volta: daqui para frente, perfis de learners estarão cada vez mais em foco – na vida pessoal e profissional. Ganha quem tem a humildade de saber que sempre há como ser melhor e se empenha verdadeiramente nisso.

Transformações na pandemia: como a Dynargie pode ajudar

As transformações na pandemia trouxeram inúmeros desafios ao mundo corporativo.

As transformações na pandemia trouxeram inúmeros desafios ao mundo corporativo. E diante dos percalços, a Dynargie esteve presente e preparada para ajudar as pessoas e os negócios a superarem esse momento. Afinal, nossa história já mostra que sempre estivemos um passo à frente e em 2020 não foi diferente. Então, usamos a nossa experiência, a tecnologia e o cuidado com o lado humano dos negócios para fortalecer as companhias muito antes e durante a pandemia, e assim seguiremos daqui para frente! Afinal, 2021 acabou de começar. Por isso, apresentamos o que fizemos e o que podemos fazer para ajudar as empresas a conquistar o sucesso!

Transformações na pandemia: tecnologia

Muito antes das transformações na pandemia surgirem, a Dynargie já estava antenada e atualizada de acordo com o mundo moderno. O processo digital caminhava a passos largos com diversas ferramentas em uso. Portanto, estar um passo adiante nos permite que, mesmo à distância, nossa metodologia continue auxiliando empresas e profissionais. Por isso, nos orgulhamos em dizer que contribuímos para que diversas equipes pudessem não apenas se manter, mas também se desenvolver diante das transformações na pandemia.

D Platform

A Dynargie se mantém vigilante e alinhada com as tendências projetadas para o futuro. Por isso já atuava no meio digital antes mesmo das transformações na pandemia. A D Platform é um aplicativo exclusivo criado para permitir que uma pessoa possa aprender de onde estiver, a hora que quiser. Isso possibilita o aprendizado contínuo, em que o participante prossegue com o seu desenvolvimento mesmo após a conclusão do treinamento. Isto é, mantém a pessoa conectada com a informação e pronta para colocar a teoria em prática!

Workshops e consultorias remotos

As transformações na pandemia mudaram o mundo. Da noite para o dia, todos tivemos que nos adaptar. Porém, já estávamos preparados para proporcionar um trabalho à distância. Assim, passamos a promover nossas consultorias e workshops remotos. Afinal, usamos a nossa experiência para ajudar a sustentar o desempenho de empresas e pessoas, seja de forma presencial, seja virtual. E nesta trajetória, o Soft Skills a Click Away proporciona um aprendizado adequado à essa nova realidade que vivemos.

Como nosso trabalho pode ajudar o seu negócio?

Transformações na pandemia: bem-estar

As transformações na pandemia também trouxeram consequências para a saúde mental dos colaboradores. Pesquisas apontam que os sintomas da depressão e ansiedade aumentaram durante esse período. Isso ressalta a necessidade de olharmos com mais atenção para as pessoas e zelar pelo bem-estar delas. E muito antes das transformações na pandemia, já falávamos bastante sobre esse assunto aqui no blog. Além disso, já disponibilizávamos projetos especiais voltados para o melhor gerenciamento do estresse.

Play Well

Antes das transformações na pandemia, a Dynargie estava atenta às necessidades de promover o bem-estar dos profissionais. Assim, surgiu o Play Well, um programa em que os consultores levam conhecimento e ferramentas para que os participantes possam gerenciar as tensões do dia a dia. Esse trabalho envolve ainda um plano de ação e acompanhamento dos resultados. Esse programa já era necessário antes da pandemia e se tornou imprescindível daqui para frente. Isso porque proporcionar bem-estar no trabalho favorece a produtividade e previne doenças. Por consequência, evitamos os prejuízos que os problemas de saúde podem causar, tanto ao profissional como para a empresa.

E com as transformações na pandemia, é importante criar um clima positivo para manter alta a energia e a motivação. Isso ajuda ainda pacientes que estejam enfrentando algum transtorno psiquiátrico. Além disso, uma atmosfera aconchegante torna o ambiente mais propício a conquistar resultados, expandir os negócios, desenvolver carreiras, entre outros. Logo, o bem-estar no trabalho deve ser uma missão da gestão de todas as empresas.

Transformações na pandemia: a experiência da Dynargie

Diante das transformações na pandemia, a Dynargie se mostrou preparada e um passo adiante. Essa maestria é fruto da experiência acumulada desde o início de sua história. Ao fundarem a Dynargie, Gilbert Serfaty e Philippe Graff trouxeram uma nova perspectiva para a gestão empresarial. Para eles, se buscamos o crescimento dos negócios, precisamos olhar e investir no capital humano. Foi assim que a união entre o DINAMISMO (dynamism) do gerenciamento e a ENERGIA (energy) das pessoas formou o nome Dynargie e a empresa nasceu, em 1982.

Outros desafios

Nessa época, é bem verdade que o mundo não encarava as transformações na pandemia. Entretanto, precisamos lembrar que eram tempos bem diferentes. Nos anos 1980, os trabalhadores tinham chefes – muitos deles, infelizmente, lideravam no grito. Pouco se falava sobre preparar os profissionais para assumirem cargos de liderança ou sobre gestão de pessoas. Nesse contexto, Gilbert Serfaty e Philippe Graff apostaram em um conceito que estava a alguns passos adiante. Basta olharmos para a nossa atual realidade.

Atualidade

Hoje, liderança, espírito de equipe, motivação e dinamismo são conceitos essenciais no mundo corporativo. Além disso, as novas gerações chegaram e transformaram o mercado de trabalho, mostrando anseios e necessidades muito maiores. Do mesmo modo, a diversidade nas empresas também trouxe novas visões, outras possibilidades e mais oportunidades de inovação. É um cenário que mostra a necessidade de olhar para o lado humano dos negócios e sua importância. Era disso que nossos fundadores já falavam há quase 40 anos.

Todo esse contexto comprova que estamos preparados para encarar as transformações na pandemia. E que estar um passo à frente está em nosso DNA. Por isso, somos capazes de ajudar outras companhias a fazer dessa crise um trampolim para o sucesso!

Siga-nos nas redes