Coragem e Empatia para gerir pessoas

Coragem e empatia são duas características que proporcionam o equilíbrio de um bom gestor de equipe

Entre as tantas características atribuídas a um bom gestor de equipe, destacam-se a Coragem e a Empatia. São as mais impactantes para um melhor resultado. A primeira, para agir e, a segunda, para fazer a equipe agir. Não raro, as pessoas pendem a balança para um dos lados, deixando a gestão desequilibrada.  Portanto, no mundo ideal, um gestor eficiente precisa saber equalizar esses dois predicados.

Como encontrar o equilíbrio?

Coragem é importante para vencer, para assumir a intimidade do contato direto com o outro, para estabelecer relações de confiança e respeito em busca do resultado. Ela também é necessária para assumir decisões impopulares e oferecer um feedback de qualidade. Agora, um gestor apenas corajoso corre sérios riscos.

Ainda que esta seja a sua tendência natural, lembre-se que assertividade demais pode levar ao autoritarismo, modelo que não “cola” mais para as atuais gerações de profissionais. Por isso, exercitar a qualidade da empatia para fazer agir também é fundamental e pode fazer toda a diferença no seu dia a dia.

Empatia para a gestão de pessoas consiste em colocar-se genuinamente no lugar do outro, tendo atenção especial às ideias e propostas feitas pelo colaborador. Escutar e colocar em prática as ideias vindas da equipe faz com que você mantenha os profissionais motivados e desenvolvidos, ganhando tempo para pensar em estratégias.

Assumir com coragem suas decisões e abrir a possibilidade de escutar receptivamente a equipe estabelecerá entre você e seu time uma relação pautada em confiança, o que, com certeza, será excelente para os resultados.

O caminho para o equilíbrio começa quando você assume sua tendência natural e começa a trabalhar com resiliência para o alcance de novas maneiras de ser e de pensar pessoas.

Comentário

Deixe um comentário

dois − 1 =

XHTML: Você pode usar: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Siga-nos nas redes