6 formas de combater a procrastinação

 

6 formas de combater a procrastinação

É preciso resistir à preguiça e às tentações para que isso não se torne parte de sua personalidade e não atrapalhe o seu sucesso profissional

A semana acaba de começar e as coisas para fazer parecem se multiplicar a cada minuto. Mas, tudo bem, temos tempo ainda. Então, não tem problema assistir Netflix ou demorar um pouco mais durante a pausa para o cafezinho, não é mesmo? Esse pensamento acaba se integrando à sua personalidade e prejudica produtividade, qualidade, resultado e, é claro, o cumprimento de prazos. E nós sabemos que essa vontade de deixar para depois transcende a racionalidade dos procrastinadores. Pensando nisso, destacamos 6 formas de combater a procrastinação e acabar com essa constante em sua vida.

 

Faça uma lista de tarefas

A lista de tarefas é muito útil para a organização e planejamento. Ela reforça a necessidade de uma ação e nos faz pensar duas vezes antes de procrastinar, além de ser um pequeno passo para executar aquilo que precisa ser feito. Elencar os trabalhos e colocar prazos também ajudam a manter o foco e ter a consciência acima da preguiça.

 

Estabeleça prioridades

Com uma lista de atividades em mãos, é hora de classificar a importância e a urgência de cada coisa, estabelecer prioridades e agir conforme a necessidade delas. Nada de cair na cilada de realizar o que é mais fácil primeiro ou trabalhar somente em função do que é urgente, pois isso se torna uma desculpa para postergar projetos importantes, porém mais difíceis. Então, concentre-se naquilo que realmente importa e faça hoje, agora!

 

Divida a sua tarefa

Sabemos que apertar o botão “start” é a parte mais difícil, ainda mais quando vemos aquela atividade mais complexa. O jeito nessas horas é organizar esse montante e dividi-lo em partes. Afinal, escrever um livro inteiro assusta e dá aquela moleza só de pensar, no entanto, se fizermos um capítulo por semana, o trabalho parece mais agradável e possível.

 

Veja o tempo sob um outro ângulo

Geralmente, procrastinadores atuam sob a pressão da urgência, deixando de lado as metas de médio e longo prazo. Entretanto, de acordo com um estudo publicado na Psychological Science, se alterarmos o modo como encaramos o tempo, podemos ter a sensação de que o futuro está mais próximo do presente atual, criando uma impressão de urgência. Por exemplo, ao invés de dois anos, que tal pensarmos em 24 meses? É como se cada mês a menos nos deixasse mais perto de nosso objetivo – quando pensamos em anos, não sentimos essa proximidade.

 

Elimine as distrações

Fique longe da TV, silencie chats no celular, feche a porta, avise os colegas para não te chamarem nas próximas horas. Faça de tudo para tirar da sua vista todas as distrações ou aquilo que esteja fazendo você deixar para depois ou atrapalhando a sua concentração. Nessas horas, o autoconhecimento e a sinceridade são importantíssimos!

 

Recompense a si mesmo!

Uma forma de motivar e incentivar a si mesmo é criar um sistema de recompensa. Premie-se a cada atividade realizada. Permita-se sair para jantar quando o deadline for cumprido no tempo planejado, por exemplo. A mesma regra deve valer também quando sair da linha, ou seja, aplique uma punição caso algo seja procrastinado. Seja justo e honesto consigo e mãos à obra!

Comentário

Deixe um comentário

18 − nove =

XHTML: Você pode usar: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Siga-nos nas redes