A Importância da Diversidade e Inclusão nas Organizações

A diversidade e inclusão são fundamentais para o sucesso das organizações. Implementar estratégias de diversidade e inclusão não é apenas uma responsabilidade social, mas também uma estratégia inteligente de negócios. Uma força de trabalho renovada leva à inovação, à melhor tomada de decisões e ao aumento da satisfação dos funcionários.

Os líderes exercem um papel crucial na promoção de um ambiente de trabalho saudável e inclusivo, onde todos os funcionários se sintam valorizados e respeitados. Devem trabalhar em estreita colaboração com suas equipes para promover esta cultura, desenvolvendo competências como a escuta ativa, a empatia e a competência cultural para melhor compreender e apoiar sua força de trabalho diversificada.

A diversidade e a inclusão também podem impactar positivamente nos resultados financeiros de uma empresa. Estudos mostram que equipes diversas tendem a superar organizações comuns em termos de inovação, resolução de problemas e desempenho financeiro.

Os líderes devem demonstrar um compromisso genuíno com a D&I e comunicar claramente a importância desses valores. A transparência e a consistência na mensagem são fundamentais. Além disso, promover treinamentos e workshops sobre diversidade e inclusão ajuda a sensibilizar a equipe e a construir um ambiente mais inclusivo.

Implementar políticas que promovam a igualdade de oportunidades, como recrutamento inclusivo, avaliação de desempenho justa e programas de mentoria, é fundamental. Incentivar e apoiar a formação de grupos de profundidade, onde funcionários de diferentes origens possam se reunir, compartilhar experiências e se apoiar mutuamente, também é essencial.

Para criar um ambiente de trabalho saudável e inclusivo, os líderes devem promover o respeito e a empatia, fomentar a colaboração e oferecer suporte contínuo para questões relacionadas à diversidade e inclusão. Além disso, é importante treinar uma equipe em competências específicas, como sensibilidade cultural, comunicação e liderança inclusiva, resolução de conflitos.

Ao adotar essas estratégias, os líderes podem criar um espaço seguro para comunicação e ações abertas, aumentando a produtividade e o sucesso da empresa.

Conte com o apoio da Dynargie para mudar!

A Dynargie é uma consultoria internacional com 41 anos, que trabalha o lado humano dos negócios. Transformamos comportamentos, criamos ambientes com uso sustentável de energia para impactar positivamente os resultados, através de uma metodologia exclusiva, simples, prática e consistente.

Desenvolvemos soft skills em todos os níveis das organizações, com consultoria quando o cliente precisa criar caminhos e com desenvolvimento, formação e coaching quando o cliente precisa desenvolver pessoas.

Nos programas de formação Dynargie, refletimos com os participantes, em uma troca otimizada de conhecimento e experiências, sobre a melhor forma de gerir a diversidade e inclusão. Ao final de cada treinamento, o participante “leva para casa” o resultado de um amplo debate e um conjunto de ferramentas práticas, simples e consistentes para gerir sua equipe nesse contexto tão desafiador.

Conheça mais a nosso respeito no site www.dynargie.com.br, no Blog www.blog.dynargie.com.br e siga-nos no Linkedin , no Facebook, no Instagram, e no Youtube.

Diversidade nas empresas: mais inovação e desenvolvimento

Diversidade nas empresas: mais inovação e desenvolvimento

Pesquisa realizada pela Mckinsey & Company mostra que o investimento em diversidade nas empresas gera um desempenho 35% superior à média

O tema diversidade nas empresas ainda é um grande tabu. Mesmo no século XXI, as minorias e as diferenças de todas as naturezas, como gênero, raça, orientação sexual, deficiência, entre outras, infelizmente ainda enfrentam grandes dificuldades pelo preconceito. No mercado de trabalho não é muito diferente, mas o cenário já está começando a mudar, provocando uma nova percepção sobre o tema: a diversidade dentro das empresas traz mais inovação e desenvolvimento.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Mckinsey & Company, companhias que incluem essa heterogeneidade em seu quadro de colaboradores têm desempenho 35% melhor do que a média. Além disso, conseguem conquistar os melhores talentos e melhorar a orientação ao cliente, a satisfação dos funcionários e a tomada de decisões, levando a um ciclo virtuoso de rendimentos crescentes.

Isso vale para tanto para a diversidade nos quesitos gênero, etnia/raça, idade e orientação sexual como também para experiências, mentalidades globais e culturas. O estudo sugere que todos os casos estão suscetíveis a trazer vantagens competitivas às corporações que investem em atrair e, é claro, manter profissionais tão diversificados. A pluralidade de indivíduos com formações, culturas, habilidades e pontos de vistas diferentes agrega ainda mais aos negócios, uma vez que as disparidades desafiam as equipes e se transformam em uma espécie de motor da inovação, criatividade e de novas soluções.

Em uma palestra realizada na AMCHAM sobre como inovar, Erika Takahashi, vice-presidente de Recursos Humanos para América Latina da Mastercard, ressaltou a importância disso no recrutamento. “Se eu contratar pessoas do mesmo ramo, que passaram pelos mesmos problemas, tiveram a mesma solução, eu não vou ter inovação porque elas pensam igual”, justificou.

Cientes da importância do tema e da sua valorização, as corporações começam a buscar a igualdade de gêneros, tanto na operação, como também em cargos de liderança. Elas procuram também manter a mente aberta para incluir pessoas como a população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transgêneros) e as pessoas com deficiência. É uma responsabilidade social que requer comprometimento para que o mundo corporativo se desenvolva e todos ganhem!

Como Liderar Jovens Talentos nas Empresas

Os jovens talentos são um ativo valioso para qualquer empresa, trazendo energia, criatividade e novas perspectivas. No entanto, liderá-los requer uma abordagem diferente em comparação com as gerações anteriores. Como líder, é essencial compreender suas motivações, expectativas e necessidades únicas para criar um ambiente propício ao seu crescimento e sucesso.

Os talentos dos jovens são frequentemente descritos como ambiciosos, ávidos por aprendizado e desafios do status quo. Eles valorizam a flexibilidade, a autonomia, a inovação e oportunidades de desenvolvimento profissional. Muitos buscam um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional e esperam que as empresas ofereçam um ambiente de trabalho estimulante e significativo.

Além de um salário competitivo, os jovens talentos buscam empresas que ofereçam oportunidades de crescimento, reconhecimento pelo seu trabalho e um senso de propósito. Eles valorizam a cultura organizacional que promovam diversidade, inclusão e equidade, enfim, procurando empresas com valores alinhados aos seus próprios.

Para motivar jovens talentos, é essencial oferecer desafios estimulantes, reconhecimento por suas conquistas e oportunidades de assumir responsabilidades adicionais. Incentivando-os a participar de projetos criativos e a compartilhar suas ideias. Por outro lado, tenha um programa para oferecer benefícios flexíveis, como horários de trabalho flexíveis e oportunidades de trabalho remoto.

As soft skills, como comunicação eficaz, pensamento crítico e trabalho em equipe, são essenciais para o sucesso profissional. Como líder, você pode ajudar jovens talentos a desenvolver essas habilidades através de treinamentos, workshops e oportunidades de praticar. Encoraje-os a participar de reuniões, apresentações e projetos em equipe para aprimorar suas habilidades de comunicação e colaboração. Atividades práticas, como projetos de equipe e simulações de cenários, ajudam os jovens talentos a desenvolverem habilidades de resolução de problemas e pensamento crítico.

Conheça suas equipes individualmente, observando suas habilidades, interesses e estilos de trabalho. Ofereça feedback construtivo e oportunidades de autoavaliação para ajudá-los a identificar seus pontos fortes e áreas de melhoria. Trabalhe com eles para criar planos de desenvolvimento personalizados, alinhando seus objetivos de carreira com as necessidades da empresa.

Liderar jovens talentos requer uma abordagem adaptável e centrada no indivíduo. Ao compreender suas motivações, expectativas e necessidades únicas, você pode criar um ambiente de trabalho que o ajudará a prosperar e contribuir para o sucesso da empresa. Invista no desenvolvimento de suas habilidades e oportunidades de crescimento, e você verá os jovens talentos florescerem sob sua liderança.

Conte com o apoio da Dynargie para mudar!

A Dynargie é uma consultoria internacional com 41 anos, que trabalha o lado humano dos negócios. Transformamos comportamentos, criamos ambientes com uso sustentável de energia para impactar positivamente os resultados, através de uma metodologia exclusiva, simples, prática e consistente.

Desenvolvemos soft skills em todos os níveis das organizações, com consultoria quando o cliente precisa criar caminhos e com desenvolvimento, formação e coaching quando o cliente precisa desenvolver pessoas.

Nos programas de formação Dynargie, refletimos com os participantes, em uma troca otimizada de conhecimento e experiências, sobre a melhor forma de gerir pessoas de diversas gerações. Ao final de cada treinamento, o participante “leva para casa” o resultado de um amplo debate e um conjunto de ferramentas práticas, simples e consistentes para gerir sua equipe nesse contexto tão desafiador.

Conheça mais a nosso respeito no site www.dynargie.com.br, no Blog www.blog.dynargie.com.br e siga-nos no Linkedin , no Facebook, no Instagram, e no Youtube.

 

Era Digital e a Geração Z

A Era Digital trouxe consigo uma série de transformações significativas na forma como vivemos, trabalhamos e nos comunicamos. No centro dessas mudanças está a Geração Z, nascida (em meados da década de 1990 e dos anos 2000) e criada em um mundo totalmente imerso na tecnologia digital. Essa era moldou profundamente a forma como a Geração Z interage com o mundo ao seu redor. Eles são nativos digitais que estão redefinindo a cultura, o consumo, o ativismo e o ambiente de trabalho à medida que continuam a crescer e influenciar a sociedade.Uma geração que está sempre em constante conectividade digital, sempre online, seja por meio de smartphones, tablets ou computadores, o que os torna altamente adeptos às mídias sociais e à comunicação digital.

Consequentemente, têm acesso a uma quantidade sem precedentes de informações, são naturalmente curiosos e capazes de aprender rapidamente sobre qualquer assunto que lhes interesse.

Seus hábitos de consumo estão moldando o cenário do consumo de várias maneiras. Preferem experiências sobre bens materiais, valorizam a autenticidade das marcas e são altamente influenciados por seus pares e influenciadores digitais.

São conhecidos por seu ativismo digital, usando as mídias sociais como uma plataforma para levantar questões sociais e políticas, exigir mudanças e promover a conscientização sobre questões importantes, como justiça social, mudanças climáticas e direitos humanos.

Para a Geração Z, a tecnologia é uma ferramenta essencial de aprendizagem. Estão acostumados a aprender por meio de recursos digitais, como vídeos online, tutoriais e aplicativos educacionais.

No ambiente de trabalho não poderia ser diferente, ao entrar no mercado de trabalho, trazem consigo uma série de expectativas e preferências diferentes. Eles valorizam a flexibilidade, o propósito no trabalho e a oportunidade de crescimento e desenvolvimento profissional.

O desafio de fazer a Geração Z permanecer na empresa

Fazer com que um funcionário queira permanecer em seu local de trabalho envolve criar um ambiente e oferecer condições alinhadas com suas necessidades, aspirações e valores. Isto significa, fomentar um sentimento de pertencimento, crescimento e realização, onde o colaborador se sente motivado a contribuir com seus melhores esforços.

Para geração Z algumas condições são importantes para trabalhar e permanecer na empresa. Essa geração busca um ambiente de trabalho que ofereça cultura organizacional positiva, flexibilidade, propósito, oportunidades de desenvolvimento, feedback e reconhecimento, tecnologia moderna e um compromisso com a diversidade e a inclusão. As empresas que conseguem atender as essas necessidades têm maior probabilidade de atrair e reter talentos da Geração Z.

  1. Cultura Organizacional: Uma cultura de trabalho positiva e inclusiva é fundamental para a Geração Z. Eles procuram empresas que promovam um ambiente de trabalho colaborativo, onde se sintam valorizados, respeitados e parte de uma equipe unida.
  2. Flexibilidade: A Geração Z valoriza a flexibilidade no local de trabalho. Eles desejam horários flexíveis, opções de trabalho remoto e equilíbrio entre vida pessoal e profissional para terem liberdade e autonomia em sua jornada de trabalho.
  3. Propósito e Impacto Social: Mais do que apenas um salário, a Geração Z busca significado e propósito em seu trabalho. Eles preferem empresas que demonstrem um compromisso com questões sociais e ambientais e que tenham um impacto positivo no mundo.
  4. Desenvolvimento Profissional: A Geração Z valoriza oportunidades de aprendizado e desenvolvimento contínuo. Eles procuram empresas que ofereçam treinamento, mentoria e oportunidades de crescimento profissional para avançarem em suas carreiras.
  5. Feedback e Reconhecimento: Feedback regular e reconhecimento pelo trabalho bem-feito são importantes para a Geração Z. Eles querem orientação clara sobre seu desempenho e apreciam ser reconhecidos e valorizados por suas contribuições.
  6. Ambiente de Trabalho Tecnológico: Como nativos digitais, a Geração Z espera que as empresas adotem tecnologias modernas e ferramentas digitais no local de trabalho. Eles valorizam a eficiência e a inovação tecnológica em suas atividades diárias.
  7. Diversidade e Inclusão: A diversidade e a inclusão são importantes para a Geração Z. Eles buscam empresas que promovam a diversidade de perspectivas e experiências e que criem um ambiente de trabalho inclusivo e acolhedor para todos.

Conte com o apoio da Dynargie para mudar!

A Dynargie é uma consultoria internacional com 41 anos, que trabalha o lado humano dos negócios. Transformamos comportamentos, criamos ambientes com uso sustentável de energia para impactar positivamente os resultados, através de uma metodologia exclusiva, simples, prática e consistente. Desenvolvemos soft skills em todos os níveis das organizações, com consultoria quando o cliente precisa criar caminhos e com desenvolvimento, formação e coaching quando o cliente precisa desenvolver pessoas.

Nos programas de formação Dynargie, refletimos com os participantes, em uma troca otimizada de conhecimento e experiências, sobre a melhor forma de gerir pessoas de diversas gerações. Ao final de cada treinamento, o participante “leva para casa” o resultado de um amplo debate e um conjunto de ferramentas práticas, simples e consistentes para gerir sua equipe nesse contexto tão desafiador.

Conheça mais a nosso respeito no site www.dynargie.com.br, no Blog www.blog.dynargie.com.br e siga-nos no Linkedin , no Facebook, no Instagram, no Frank casino, no Youtube e no Twitter.

Tendências de Recursos Humanos para 2024

As tendências em Recursos Humanos para 2024 estão determinando a forma como as organizações abordam a gestão de pessoas, respondendo às mudanças nas expectativas dos colaboradores, tecnologias emergentes e transformações no ambiente de trabalho. É indiscutível que a busca contínua por ambientes de trabalho mais adaptáveis, centrados nos colaboradores e alinhados com as mudanças nas dinâmicas do mercado de trabalho. As organizações que adotarem proativamente essas tendências estarão mais bem posicionadas para atrair, desenvolver e reter talentos em 2024.

Abaixo identificamos algumas dessas tendências para 2024:

  • Flexibilidade no Trabalho:

Em 2024, espera-se uma mistura contínua de trabalho presencial e remoto, proporcionando maior flexibilidade aos colaboradores, para evitar as demissões voluntárias, onde os profissionais querem flexibilidade. A Accenture constatou que 69% dos trabalhadores brasileiros prefere trabalhar em um modelo híbrido, ou seja, que combina o presencial ao remoto. Portanto, para não sofrer com a perda de talentos em 2024, o RH precisa estar atento às necessidades individuais e coletivas, que incluem jornadas mais flexíveis.

  • Tecnologia e Inovação:

Adoção de Tecnologias de RH já é uma realidade e permanecerá em 2024. O uso de IA (Inteligência Artificial), automação e análise de dados em RH devem aumentar. Ferramenta para recrutamento e avaliação de desempenho serão mais inteligentes e eficientes. Algoritmos mais sofisticados serão capazes de analisar não apenas as habilidades técnicas, mas também as habilidades sociais e emocionais dos candidatos. Isso não apenas otimizará o processo de seleção, mas também contribuirá para a formação de equipes mais equilibradas e produtivas.

  • Desenvolvimento Contínuo:

Com as rápidas mudanças nas demandas do mercado de trabalho, as empresas estão priorizando programas de aprendizado contínuos e de desenvolvimento de habilidades para manter os colaboradores relevantes. Identificar essas habilidades é prioritário para o futuro da empresa, podendo fornecer as ferramentas e os recursos necessários para que o aprendizado aconteça.

  • Bem-estar Mental e Físico:

O Bem-estar continuará sendo o ponto nevrálgico do RH. A conscientização sobre o bem-estar dos funcionários aumentará. Programas de saúde mental e iniciativas de equilíbrio entre trabalho e vida pessoal se tornarão cada vez mais necessários para o desenvolvimento das pessoas.

O bem-estar mental dos colaboradores não apenas impacta positivamente a qualidade de vida individual, mas também tem implicações diretas na produtividade, satisfação no trabalho e retenção de talentos.

Investir em saúde mental no ambiente de trabalho é mais do que uma tendência é uma necessidade desafiadora.

  • Diversidade e Inclusão:

As organizações têm um compromisso com a diversidade e inclusão, por isso estarão mais focadas em promover ambientes de trabalho mais diversificados, reconhecendo a importância da equidade e representatividade. O discurso sairá do papel para a ação, devendo fazer parte da cultura da empresa e da prática corporativas.

  • Gamificação:

A gamificação é mais uma das tendências em 2024 para o RH. Ela já é aplicada, mas deve ser aprimorada. Amplamente utilizada em treinamento de equipes, gera maior engajamento, facilitando a retenção das informações por meio dos mecanismos de prazer e recompensa.

Essa metodologia deverá se expandir para outros campos, sendo um deles o recrutamento e a seleção externa e interna.

  • Treinamento online ao vivo:

É uma grande tendência o treinamento online ao vivo, já que alia praticidade e eficiência, garantindo os mesmos níveis de resultados que os treinamentos presenciais tradicionais. O treinamento online (não é EAD) é uma excelente alternativa para o RH, já que conta com a flexibilidade permitindo que os profissionais participem sem se deslocar de suas casas. Além de garantir a capacitação dos funcionários, a empresa economiza recursos financeiros, já que possui um formato que exige muito menos custos com viagens, deslocamentos e em infraestrutura.

  • Avaliação Contínua de Desempenho:

As mudanças nas práticas de avaliação de desempenho para 2024 refletem uma evolução contínua em direção a abordagens mais ágeis, centradas no desenvolvimento e adaptadas às necessidades dos colaboradores e da organização. Abandono dos modelos tradicionais de avaliação anual em favor de avaliações contínuas e feedback mais regular.

  • Estratégias de Recrutamento:

O recrutamento estará baseado em competências. A avaliação de candidatos se concentrará mais nas competências e habilidades necessárias, em vez de apenas nas experiências anteriores.

  • Gestão da Mudança:

A gestão da mudança para o setor de Recursos Humanos em 2024 assume uma importância crucial, dada a evolução constante do ambiente de trabalho, as expectativas em transformação dos colaboradores e as demandas crescentes por agilidade organizacional. Envolverá não apenas a implementação de novas práticas, mas também a criação de uma mentalidade organizacional que abrace a mudança como uma constante. Isso requer liderança visionária, comunicação transparente e a promoção de uma cultura que valorize a inovação e a aprendizagem contínua.

  • RH Estratégico:

As áreas de RH terão um papel mais estratégico, contribuindo para as metas organizacionais e tomando decisões baseadas em dados para impulsionar o desempenho.

  • Investimento na formação de Líderes:

Compor uma equipe de alta performance é um desafio atual e continuar sendo em 2024. O papel dos líderes é fundamental para que o capital humano alcance os objetivos das empresas, principalmente em um cenário competitivo. É preciso, então, pensar na formação desses profissionais apostando em estratégias inovadoras para aprimorar as habilidades desses profissionais, como por exemplo, a liderança complementar, um modelo que aposta na parceria entre dois ou mais líderes para que possam atuar de maneira integrada na gestão de equipes, potencializando a qualidade dos projetos criados e a resolução de problemas.

  • Employer Branding 2.0:

O Employer Branding não se trata apenas de atrair talentos, mas de manter e cultivar um relacionamento genuíno e duradouro com os colaboradores. As empresas estão percebendo que a marca não pode ser apenas uma estratégia de marketing: ela precisa ser incorporada à cultura organizacional. Histórias autênticas sobre a empresa, transparências na comunicação com os colaboradores valem muito mais do que dizer que a empresa é um ótimo lugar para trabalhar. As empresas que conseguirem incorporar um propósito significativo em sua marca empregadora terão uma vantagem competitiva no recrutamento e retenção de talentos.

A cultura organizacional será um ponto central de atração e retenção de talentos, com organizações destacando seus valores e propósito.

Conte com o apoio da Dynargie para mudar!

A Dynargie é uma consultoria internacional com 41 anos, que trabalha o lado humano dos negócios. Transformamos comportamentos, criamos ambientes com uso sustentável de energia para impactar positivamente os resultados, através de uma metodologia exclusiva, simples, prática e consistente. Desenvolvemos soft skills em todos os níveis das organizações, com consultoria quando o cliente precisa criar caminhos e com desenvolvimento, formação e coaching quando o cliente precisa desenvolver pessoas.

Nos programas de formação Dynargie, usamos diversas ferramentas tecnológicas para apoiar nossa metodologia, projetando a realidade da empresa e o cotidiano dos participantes, engajando-os durante o processo educativo, facilitando o aprendizado e potencializando seus resultados.

Conheça mais a nosso respeito no site www.dynargie.com.br, no Blog www.blog.dynargie.com.br e siga-nos no Linkedin , no Facebook, no Fresh Cassino, no Instagram, e no Twitter.

 

 

Siga-nos nas redes